51 3720 1433 | 51 3720 1366 | 51 99437 4062

Exames com Contraste: dúvidas comuns

   17/10/2019  |      Unimagem

Por vezes, os exames Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada exigem contraste, o que gera muitos anseios e questionamentos. Para esclarecer, compartilhamos aqui as respostas para as principais dúvidas:

O que é contraste?

Nada mais é do que compostos utilizados para oferecer uma melhor definição de imagem, o que facilita alguns diagnósticos.

Qual a indicação do uso do contraste?

O contraste vai ajudar o médico radiologista a ter mais subsídios para sugerir um diagnóstico preciso. No campo da Oncologia, por exemplo, os contrastes ajudam não só na identificação das lesões como de possíveis reações inflamatórias ou infecciosas.

Existe alguma idade mínima ou máxima para se usar?

Geralmente recomenda-se o uso do contraste somente após os 2 anos de idade e sem restrição de idade máxima, seguindo sempre a indicação médica e respeitando as contra-indicações.

Como é aplicado o contraste?

Geralmente é aplicado por via intravenosa.

Quais os fatores de risco da utilização do contraste?

História prévia de reação adversa ao meio de contraste, história de múltiplas alergias ou asma, mieloma múltiplo, doença renal, diabetes, doença cardiovascular, incluindo arritmias, cardiopatia isquêmica e hipotensão pulmonar, discrasias sanguíneas, feocromocitoma, doença autoimune, hipertireoidismo e ansiedade.

Em breve vamos compartilhar mais informações sobre o uso do contraste.
Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários.
Até mais!

Categoria: Exames

Compartilhe em suas redes sociais

Uma resposta para “Exames com Contraste: dúvidas comuns”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *